fbpx

Por que a energia solar é considerada energia limpa?

27/08/2021

Por que a energia solar é considerada energia limpa?


Escrito
por Quantum

A energia limpa pode ainda não estar entre os tópicos mais discutidos do Twitter, mas, com certeza, o conceito ainda será destaque em todo o mundo. E muito disso por conta de um assunto que está sempre em destaque na imprensa: o aquecimento global, que tem mostrado, de forma cada vez mais clara, os seus sinais, principalmente através de fenômenos e desastres naturais, que muitas vezes deixam um rastro de destruição.

É claro que, em uma sociedade totalmente dependente de energia como a nossa, a produção elétrica responde por uma das maiores parcelas na emissão de gases de efeito estufa (GEE). Por isso, é tão importante falar em “energia limpa” e as suas possibilidades. Ainda mais quando o assunto se trata de fontes renováveis e que não lançam poluentes na atmosfera.

Existem diversas fontes de energia renováveis que permitem a geração limpa de energia. E entre as de maior destaque atualmente está a solar. 

O que é energia solar?

Em plena expansão no Brasil, esta tecnologia utiliza o recurso natural mais abundante e com maior disponibilidade em todo o planeta: o sol. Sendo assim, a energia elétrica pode ser gerada de diversas formas, sendo a fotovoltaica a mais conhecida. Nela, a energia luminosa (luz) é convertida diretamente em energia elétrica. Já a outra opção é a heliotérmica (calor), quando os raios solares concentrados aquecem um receptor. Dessa forma, o calor gerado é utilizado para girar uma turbina, que vai gerar a energia elétrica.

E o que torna a energia solar uma fonte de energia limpa? Justamente o fato dela ser abundante e renovável, já que o sol não se finda. Além disso, dentre os aspectos positivos desta energia podemos destacar: economia, forma segura de gerar energia, não é poluente e não influi no efeito estufa. Sem contar que não gera resíduos e possui uma vida útil de mais de 20 anos, com baixa necessidade de manutenção.

Conheça outras fontes de energia limpa

Eólica

Esta modalidade utiliza a força do vento que gera energia elétrica por meio dos aerogeradores. Estes equipamentos são utilizados para a conversão de modo simples, rápido e não poluente. Dessa forma, quando temos vários aerogeradores trabalhando em conjunto, chamamos de parques eólicos. E estes podem suprir uma grande região ou regiões isoladas, dependendo do seu tamanho.

Hidráulica

Atuando como principal fonte de energia utilizada no Brasil, a energia hidráulica funciona a partir da geração de energia pela força da queda das águas nas barragens dos rios. Sendo assim, a água passa por uma turbina hidráulica que, ao girar, produz energia elétrica. Mesmo sendo uma fonte limpa, esta modalidade causa impactos ambientais na área de instalação, o que prejudica a flora e fauna local. Além disso, na maioria das vezes, desloca moradores da região.

Biomassa

A biomassa é a produção de energia a partir do reaproveitamento de materiais orgânicos acumulados em um ecossistema. A geração é feita principalmente através da queima de resíduos, como o bagaço da cana-de-açúcar, muito comum no Brasil, ou ainda do álcool, madeira, palha de arroz, óleos vegetais, entre outros. Sendo assim, ela funciona através da conversão do lixo orgânico em gás, como fonte de energia.

Geotérmica

A energia geotérmica é obtida a partir do calor proveniente do interior da Terra. As usinas geotérmicas ficam geralmente em regiões onde esse calor está mais próximo à superfície, como, por exemplo, gêiseres (um tipo de nascente termal). O vapor é captado através de tubos e utilizado para acionar turbinas, produzindo energia elétrica.

Maremotriz

A força das ondas e marés possui grande potencial e também já é utilizada para a geração elétrica. Existem dois tipos básicos: energia cinética das correntes marítimas e energia potencial pela diferença de altura entre as marés alta e baixa. Dessa forma, grandes torres subaquáticas instaladas próximas ao litoral utilizam hélices e diversas outras tecnologias para captar a força da água e transformá-la em eletricidade.