fbpx

Dados de energia solar fotovoltaica no Brasil em 2020

energia solar fotovoltaica

13/08/2020

Dados de energia solar fotovoltaica no Brasil em 2020


Escrito
por Quantum

No último ano, o mercado de energia solar fotovoltaica brasileiro bateu recorde com dados de crescimento (212%), ultrapassando os 2,4 GW instalados. De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em 2019, mais de 110 mil sistemas fotovoltaicos de microgeração (ate 75 kW) ou de minigeração (entre 75 kW e 5 MW) de energia foram instalados no país, com um investimento de R$ 4,8 bilhões.

O Brasil é um dos países que mais recebe irradiação solar, o que faz com que tenha alto potencial de desempenho dos sistemas fotovoltaicos. Mas o clima é apenas um dos aspectos que contribuem para o crescimento da energia solar fotovoltaica no país. Os incentivos fiscais governamentais e a oferta de novas linhas de financiamento para a aquisição de painéis solares e geradores.

Além desses fatores, a crise hídrica que dura há alguns anos, faz com que a tarifa de energia elétrica sofra alterações em meses de estiagem, os hábitos de consumo também estão sendo influenciados, fazendo com que as pessoas passem procurar uma alternativa para fugir das altas tarifas.

O mercado de energia solar em 2020

Em maio deste ano, a energia solar passou a responder por 1,6% da matriz
energética brasileira, o que significa que 2,87 GW de potência instalada no país provêm de uma fonte de energia limpa, renovável e sustentável.

A previsão é que o Brasil feche 2020 com 174 mil sistemas fotovoltaicos on-grid (0,21% das unidades consumidoras). E até 2024, especialistas estimam que o país terá mais de 880 mil mil sistemas de energia solar conectados à rede distribuidora de energia.

Outros dados recentes sobre energia solar no Brasil

Segundo informações de junho de 2020, da Associação Brasileira de Energia
Solar Fotovoltaica (ABSOLAR):

  • Entre 2012 e o 2019, o setor de energia fotovoltaica brasileiro gerou mais de 130 mil empregos diretos;
  • O estado com maior potência instalada é Minas Gerais, com 562,5 MW,
    seguido pelo Rio Grande do Sul (385,0 MW), e por São Paulo (356,8 MW);
  • Santa Catarina é o sexto estado brasileiro com maior potência instalada, com 142,8 MW, o que corresponde a 5% do total nacional;
  • Em 2020, a energia solar fotovoltaica passou a responder por 1,6% da
    matriz energética brasileira;
  • A potência operacional total da energia solar brasileira é de 5.764,0 MW, dos quais, 2.928,8 MW vêm de geração centralizada, e 2.836,0 MW, de micro ou minigeração;
  • Em março de 2020, 1% de toda energia elétrica consumida no Brasil veio de fonte solar fotovoltaica;
  • Até 2025, 4,6 GW de potência contratada em leilões de energia entrarão em operação no país;
  • A previsão de investimentos nesses projetos já contratados em leilões de energia é de R$ 25,8 bilhões até 2025;
  • Entre 2012 e 2019, foram investidos R$ 14,6 bilhões em sistemas de
    microgeração (até 75 kW) ou minigeração (entre 75 kW e 5MW) de
    energia em residências, comércios, indústrias, edifícios públicos e
    propriedades rurais;
  • 2.835,6 MW é a potência instalada solar fotovoltaica total em geração
    distribuída;
  • 304.427 unidades consumidoras recebem créditos pelo Sistema de
    Compensação de Energia Elétrica.