Preocupação com o meio ambiente e desejo de economizar na conta de luz são fatores que mais levam as pessoas a buscarem informações sobre sistema fotovoltaico de geração de energia. As vantagens da geração por esse meio são inúmeras, por exemplo: ele não gera resíduos nem emite gases poluentes, preservando a camada de ozônio e o meio ambiente; pode ser expandido de acordo com as necessidades, com a instalação de módulos fotovoltaicos; o excedente pode ser fornecido à empresa distribuidora de energia, gerando créditos de energia para o consumidor. Porém, é preciso considerar algumas questões antes de adquirir e instalar módulos fotovoltaicos para que haja melhor aproveitamento e economia.

 

COMO SABER SE DEVO ADQUIRIR MÓDULOS FOTOVOLTAICOS?

Os benefícios ambientais da energia solar são inegáveis. No entanto, o ideal é que se faça uma média de consumo (em kWh) por ano, para, então simular o custo de instalação e a produção de energia para saber se o investimento compensa.

Você pode fazer o pedido de orçamento no Simulador Quantum.

Se você se encaixa na faixa de consumo que justifique a instalação de um sistema fotovoltaico, saiba que o tempo médio de vida útil dos módulos é de 25 anos, e o tempo de retorno do investimento é de aproximadamente sete anos. Depois disso, o custo de geração de energia é praticamente zero, já que a demanda por manutenção é baixíssima, necessitando, grosso modo, apenas de limpeza com água e sabão neutro.

Com os investimentos constantes da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), do Governo Federal e de agências financiadoras, a aquisição e a instalação de micro e minigeradores de solares fotovoltaicos está mais fácil e barata que há alguns anos.

Após a simulação dos gastos com a conta de luz, o próximo passo é buscar empresas idôneas que sejam referência em instalação de módulos fotovoltaicos.

 

DO ORÇAMENTO À ENTREGA: CONHEÇA AS ETAPAS DO PROCESSO DE INSTALAÇÃO DE MÓDULOS FOTOVOLTAICOS

Antes de fechar negócio, visite as empresas escolhidas, conheça seus portfólios e condições de serviços e de pagamento.

Na Quantum Engenharia, o orçamento é gratuito e realizado por nossa equipe de especialistas, após análise de tipo e inclinação do telhado, cálculo de metros quadrados disponíveis e possíveis áreas de sombreamento. Assim que aprovado pelo cliente, começamos a instalação.

Entre estudos, assinatura do contrato, instalação, comissionamento e geração da própria energia, levam-se entre 90 e 120 dias, de acordo com a disponibilidade de equipamentos e a autorização da concessionária de energia.

É importante lembrar que todos os sistemas de produção de energia solar precisam ser autorizados pela concessionária de energia elétrica. Assim que toda a instalação é concluída, técnicos da distribuidora vão até a casa ou empresa para autorizar o começo da produção, garantindo que todo o sistema está instalado corretamente.

 

ESTUDO DE TELHADOS: NO QUE ISSO INTERFERE?

Antes de instalar os módulos fotovoltaicos, é necessário ficar atento a possíveis interferências no telhado. Por exemplo, se houver ares-condicionados ou chaminés, eles podem fazer sombra nos módulos, interferindo no funcionamento. Isso é ainda mais importante em indústrias, que costumam ter muitos elementos instalados nos telhados. Também é fundamental ficar atento ao tipo de telha, porque determinará o sistema de fixação dos painéis fotovoltaicos, o que interfere no orçamento final.

A inclinação vai depender do projeto, mas elas devem acompanhar a latitude do local de instalação. Outro detalhe é que as placas precisam ficar viradas para a face norte, aproveitando o máximo da incidência da luz do Sol durante o dia. Se não for possível conseguir a face norte, pode-se usar a leste. Quando nenhuma das duas estiver disponível para receber os módulos, é indicado fazer uma correção do telhado.

 

Modelos de telhas

  • Telha metálica termoacústica: é a melhor opção para a instalação de painéis fotovoltaicos. Trata-se de uma superfície segura que facilita a colocação dos módulos.
  • Eternit: as telhas de fibrocimento, conhecidas como Eternit, não são indicadas para a instalação do sistema por sua fragilidade. Normalmente, elas quebram durante o processo.
  • Telhas pré-fabricadas de concreto e lajes: podem ser usadas para a instalação dos sistemas fotovoltaicos. Por serem superfícies planas, garantem que os painéis recebam melhor incidência dos raios solares.
  • Telhas de barro: são a segunda melhor opção. Apesar de exigir um manuseio maior durante a instalação dos módulos, é totalmente viável.

 

Além do telhado, pode-se usar outra área da casa para instalar o sistema?

O ideal é instalar os módulos fotovoltaicos no próprio telhado. O uso de paredes tem menor desempenho, porém, após uma análise com o cliente, é possível simular a eficiência com relação à inclinação, latitude e mostrar a perda que ocorrerá caso a caso.

 

módulos fotovoltaicos