A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de São Mateus do Sul, no Paraná, está economizando com a implantação do sistema de energia solar. A Quantum Engenharia foi responsável pelo projeto e pela instalação das 50 placas fotovoltaicas que garantem a potência total de 13,25 kWP. A quantia é suficiente para atender toda a demanda atual da instituição, restando apenas custo com taxas da concessionária e demais encargos como, por exemplo, a Cosip.

De acordo com a Apae, um dos maiores custos da entidade era justamente a conta de luz, que chegava a R$ 1.500 por mês. O retorno do investimento se dá em cinco anos, além disso, a economia ocorre a longo prazo. Outro benefício é o ganho em sustentabilidade que, por ano, equivale à preservação de 229 árvores, deixando de emitir 8.942 kg de CO² para a atmosfera.

Também no Paraná, a Quantum Engenharia instalará uma usina de geração fotovoltaica no telhado do Palácio 29 de Março, sede da prefeitura de Curitiba. que terá capacidade instalada de 144,87 kWp. O contrato é financiado pelo Programa de Eficiência Energética da Copel.

Limpa e econômica, a energia solar conquista cada vez mais espaço. A modalidade é acessível também para comércios e indústrias. O objetivo é atingir 23% em participação de fontes renováveis na matriz energética até 2030 no Brasil. A previsão é de que, em 2024, mais 1,2 milhão de usuários tenham adaptado sua produção e consumo de energia.

 

Apae do Paraná